Terapia De Substituição Hormonal (homem Para Mulher) 2

Terapia De Substituição Hormonal (homem Para Mulher)

A terapia de substituição hormonal (bem como chamada de terapia de reposição hormonal, TRH, TSH, terapia hormonal sintética, THS) é aquela utilizada em pessoas transexuais e travestis para alterar os caracteres sexuais de seus corpos. Algumas pessoas intersexuais também recebem TRH, seja na infância para certificar o sexo ao qual foram atribuídos, ou mais tarde, se este desígnio foi falso.

O objetivo é causar o desenvolvimento dos caracteres sexuais secundários do gênero desejado. Não poderá modificar as alterações ocorridas no corpo ao longo da primeira puberdade, dessa forma muitas pessoas recorrem à operação plástica estética e depilação infinito. Os requisitos pra terapia de reposição hormonal variam imensamente. Muitas vezes, consiste de um certo período de acompanhamento psicológico.

Algumas pessoas resolvem auto-administrar a medicação, diversas vezes, visto que os médicos disponíveis têm muito pouca experiência, ou não há médicos disponíveis é o seu nação de origem. Às vezes, as pessoas trans optam sexual visto que vários médicos não prescrevem as hormonas sem uma carta de seu terapeuta, confirmando o diagnóstico de disforia de gênero, e fazendo um relatório a respeito da firme decisão a mudança nesse paciente. De cada forma, a auto-administração de hormônios é potencialmente perigosa, em adição à elevação das enzimas hepáticas, que podem transportar os hormônios consumidas oralmente.

Absolutas: Histórico de câncer por sensibilidade ao estrogênio (tais como: câncer mamário), histórico de trombose (porém para casos onde haja uma terapia com anticoagulantes pra impossibilitar a formação de trombos), ou histórico de prolactinomas. Relacionadas: doenças no fígado, rins ou coração. Infarto (ou fatores de risco de doença cardíaca, por exemplo: colesterol alto, diabetes, obesidade, tabagismo. Histórico familiar de câncer da mama ou tromboembolismos. Doenças da vesícula biliar. Normalmente, a domínio é reduzido depois de um orquidectomía (remoção dos testículos) ou uma operação de redesignação de sexo.

Existem diferentes variantes do estradiol, assim como este outros tipos de estrogênio, bem que os mais usados são: estradiol micronizado, acetato de estradiol, valerato de estradiol, cipionato de estradiol, enantato de estradiol, estrogênios conjugados, estrogênio esterificados e etinilestradiol. Ao ampliar a dose, assim como aumentam os riscos. Por conseguinte, aqueles com contra-indicações relativas devem começar com doses baixas e, logo após incrementarla gradualmente.

Os progestágenos adicionam a progesterona e estrogénio (análogos sintéticos da progesterona ou 17-Hidroxiprogesterona. Existem fórmulas orais, maioria dos animais, supositórios, gel e formulações injetáveis. Os progestágenos, em conjunto com a prolactina, se vêem envolvidos na maturação dos lobos e acinos glandulares durante a gravidez, que são estruturas mamárias em que o estrogênio tem pouco efeito, ou não tem efeito qualquer.

  • 11:30 Almoço a meio da manhã
  • nove janeiro, 2018 às 8:44 pm
  • Vitamina E, Necessária para a fertilidade. Ovos, óleos vegetais
  • Os cereais (pão, cereais de pacote, macarrão…) dão hidratos de carbono

entretanto, não há atualmente nenhuma evidência clínica de que a progesterona ou progestina contribuam pro desenvolvimento mamário (seja em tamanho, forma ou aparência), tal em mulheres transgênero como em mulheres cisgénero. Um estudo descobriu que não existe diferença no desenvolvimento das mamas em uma terapia só com estrogênio e outra com as duas, estrogênio e progesterona (geralmente 10 mg/dia de acetato de medroxiprogesterona).

podes-Se mencionar, como efeito adverso, devido ao acrescentamento da oleosidade pela pele, uma possível aparição de acne. No somatório, os efeitos mencionados poderá ser efeito de uma ação androgênica, o que pode ser indesejável para a maioria. A progesterona em típico, é importante pra saúde óssea e que, supostamente, tem um papel pela elasticidade da pele e o tecido nervoso. Outros efeitos particulares da progesterona incluem a redução de espasmos musculares e relaxamento do músculo liso. A progesterona também se envolve em função da tireóide e o desenvolvimento dos osteoblastos para a construção óssea.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima