Suplemento Da Lua 255 - Metro... o que? 2

Suplemento Da Lua 255 – Metro… o que?

Homens, homens. Os americanos gostam mais dos prêmios que os editores espanhóis. Um deles, e certamente não é o mais pitoresco, é o que confere a American Dialect Society de Boston, o item mais destacado do ano. Em sua última edição, a luta foi muito dura: de um lado, o ataque preventivo oferecido por Bush; do outro, metrosexual, a nova classe sociológica criada pelo jornalista britânico Mark Simpson. Ao desfecho, a doutrina de segurança da Casa Branca teve que consolar-se com um ambígua menção ao Melhor Eufemismo, enquanto os homens descritos por Simpson se elevavam com uma merecida vitória.

Porque o metrosexual existe e está por todas as partes. “É um homem jovem, com dinheiro, vive em uma metrópole ou a tem ao teu alcance rápido. Só lá acesse as fantásticas lojas, clubes, academias de ginástica e salões de beldade que você gosta. Você podes ser hétero, bissexual ou oficialmente gay, entretanto isto é insuficiente grave.

foi tomado definitivamente a si mesmo como seu próprio equipamento de atenção e de entusiasmo e até já como sua principal preferência sexual”, escreveu Simpson no seu artigo revelação, Meet The Metrosexual, a faísca que provocou o incêndio. Publicações como GQ, The Face, Areia ou Vanity Fair, não estão cortando em examinar a fundo. Não hesite, se esta manhã, não tinha nem sequer ideia do que era um metrossexual, dentro de alguns meses, o que irá surpreendê-lo, é que alguma vez o ignoraras.

Os metrossexuais, de maiores, querem ser como Beckham. O espumante para o real é o ícone mais luminoso do novo movimento. Não se trata só de que possa ser elegante, rico e um atleta fabuloso. Nem mesmo que se pinte as unhas, se você mudar de penteado todos os meses ou irá a todo o momento vestido de ditado mais exigente da última moda, entretanto isso prontamente não é mais importante para o questão que tratamos.

O que de fato torna o futebolista inglês em um ponto à porção é que não joga com a ambiguidade sexual como fazer Bowie, nem sequer está medianamente interessado no modelo masculino e, desde desse modo, é gay. É o metrosexual exato: confessa que se coloca os collants de tua amada Posh e que isto pareça, ou não, viril importa. Para David Beckham, sua beleza é uma arma não apenas para ocupar as mulheres, no entanto pra seduzir até mesmo o motorista mais obtuso. Mais do que formoso, quer ser o esbelto. Porque EU VALHO A PENA.

“Quando for velho, não me importaria de terminar num asilo, pegou a mão de Mark Wahlberg –confessava George Clooney, outro destacado representante da causa que nos ocupa, em uma entrevista entre risadas–. É tão jeitoso. Fala-Se insuficiente da atração não estritamente sexual que a boniteza masculina provoca entre os homens, pelo motivo de há um susto atávico que te tomem por homossexual. Eu não possuo preconceito qualquer em discernir que, a toda a hora preferi ter amigos bonitos”.

  • eu Prefiro estar na cama contigo agora mesmo
  • Eu Quero Inspirar
  • Capítulo 2×200 (424) – “O Direito À Intimidade”
  • Os beijos que se dão, sempre permanecem… se você muerdes os lábios, o gosto volta

No encerramento, ponderar sobre estas feministas que levam décadas e que lamenta que a beleza obrigatória tenha sido um empecilho para as mulheres. Não é estranho que sem demora, vejam uma certa justiça poética em uma coisa que bem como nos atinge (aí estão Guti, Fonsi Nieto, Mario Vaquerizo, Jesus Vázquez ou Paulo conta-me Rivero). De acordo com um inquérito recente promovido pela marca de cosméticos Axe, oito de cada 10 meninos espanhóis considera muito essencial a sua aparência física pra ligar. Ou que, de acordo com detalhes recolhidos pelo Injuve no ano anterior, um 82,3 % dos mesmos consideram que a tua aparência é uma de suas preocupações fundamentais.

Como reconhece Maria Sulzman, coordenadora de um relatório de RSCG sobre, de extenso impacto no mercado publicitário: “Os metrossexuais são também produto do novo poder das mulheres. Agora se evidenciam economicamente independentes e são capazes de conceder ao luxo de ser promiscuas sem desmerecer social. Isto permite-lhes escolher o teu parceiro com superior liberdade, sem ter em conta factores como a segurança ou a constância”.

Porque é que elas também preferem bonitos e bem vestidos. Mas se alguma coisa distingue os metrossexuais é que estão contentes com o novo estímulo feminino. Categorias transversais. Na verdade, esse novo padrão masculino não se encaixa em nenhum dos padrões/tags utilizdos até a data. Embora o homem metrosexual é com superior freqüência hétero, porque bem como é a tendência mais comum.

“Não é uma pergunta de gênero, no entanto bem como de estética”, afirmou Armani com a imprensa depois de demonstrar a sua nova colecção pra homem há um par de semanas em Milão. Inspirada forma confesa no fenômeno metrosexual, o veterano guru da elegância foi declarado rendido admirador deste novo modo que ele mesmo define como “urbano e fascinante.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima