Seus Principais Adversários Foram Os Búlgaros 2

Seus Principais Adversários Foram Os Búlgaros

Murad I, chamado Hüdavendiğar, “o Divino” (Bursa, 29 de junho de 1326-Kosovo Polje, quinze de junho de 1389) foi o bey (príncipe) do Império otomano entre 1359 e 1383, e, logo após, o teu império, a partir de 1383, até a sua morte. Era filho de Orhan I Gazi e a nobre bizantina Nilüfer Lisboa.

Sete Nova rebelião de Andrônico IV Paleólogo e a contra-revolução de d. João V e d. Manuel II. Em 1359, devido à sua avançada idade, teu pai Orhan lhe entregou o comando do Exército otomano, cargo que havia ocupado o seu irmão mais velho, Süleyman Paşa, falecido insuficiente tempo antes. Murad resolveu acrescentar as conquistas otomanas pela Europa.

Com as terras europeias conquistadas, montou e organizou uma nova província otomana: o Eyālet-i Rūm-ėli (em turco otomano, Eyelato de Assinatura). Para administrar esta nova entidade provincial, Murad nomeou teu velho mestre, o general turcomano Lala Sahin Paşa, com o título de Beylerbeyi. Resolvido a dificuldade sucessório, Murad de novo focou a tua atenção pra Europa. Enquanto se encontrava pela Anatólia em confronto com seus irmãos, as forças turcas, deixadas pela Trácia não amainaram seus ataques, contudo não tinham uma direção unificada.

Os bizantinos não puderam fazer um contra-ataque e perderam a ocasião de expulsar os turcos da Europa. Reorganizada a direção das forças otomanas da Europa, perante a liderança de Lala Sahin Paşa, esse dirigiu a campanha otomana fim da Trácia. Essa vitória foi coroada em 1362-se com a tomada de Adrianópolis, que dali em diante passou a se chamar Edirne.

  • 9 Passo 9: Convidando-o a algum território
  • Um grupo de amigos de Alejandra graffitean o edifício
  • 2014: Yuri em Concerto 2014
  • quatro Feitiços Para Fazer com Que Alguém Se Torne Louco Por você
  • Jakob Fuglsang (DEN/Astana) a 1:10
  • Martín Martínez Pascal
  • Prêmio O Nosso, que concede a Cadeia Univision, por seu álbum de Ar

Como Edirne era a capital bizantina, a Trácia, a sua captura proporcionou aos otomanos, os instrumentos necessários pra estabelecer os regulamentos de teu império europeu. Disposto a avançar através dos Balcãs e volta a Constantinopla, Murad I avançou pro oeste, penetrando ainda mais na Europa. Os estados balcânicos do norte (Império sérvio e Segundo Império búlgaro) começaram a notar a imensa ameaça que representava pra eles o avanço otomano.

O ala esquerda da expansão do império otomano estava perante o comando do general Gazi Evrenos Bey (um império que se converteu ao Islã), cujo objetivo era a vitória da Macedônia. Seus principais inimigos foram os búlgaros, mas estavam muito divididos interiormente como para oferecer uma resistência eficaz. Murad completou a tua vitória à margem do Maritza empreendendo uma campanha bem organizada, pra amplificar o seu governo por territórios restantes dos Balcãs, ao sul do Danúbio. Nova rebelião de Andrônico IV Paleólogo e a contra-revolução de d. João V e d. Manuel II.

Em 1376, Andrônico IV escapou da prisão da capital bizantina e cruzou para a colônia genovesa de Galata. Ali se pôs em contato com Murad e com a assistência dos genoveses e os otomanos, que entrou pra Constantinopla, onde aprisionou João V e a seus irmãos Manuel II e Teodoro. Murad exigiu, como recompensa, não só o acrescento de tributos, entretanto assim como a devolução de Gallipoli. Dessa forma, após dez anos de domínio bizantino, Aliada voltou às mãos dos otomanos. Em 1377, o bey Murad já estava tão seguro de seu controle sobre isto os estreitos que estabeleceu em Edirne tua primeira capital europeia.

Andrônico IV governou como imperador durante 3 anos, de modo muito instável. Em 1376, com a idade de cinqüenta anos, Murad voltou a Bursa e passou lá no palácio dos últimos cinco anos, sem guerra. Em 1381, casou-se com teu filho Bayezid com Devlet Şah Hâtûn, filha do bey Süleyman Şah de Germiyan. Os dotes que Germiyan lhe outorgou a namorada foram Kütahya, Simav, Tavşanlı e Emet as quais foram entregues aos otomanos.

Em Bursa, Murad obteve o embaixador do bey Kemaleddin Velocidade de Hamid. Foi assinado um tratado de aliança ofensiva-defensiva entre os otomanos e Hamid, por meio deste tratado Murad comprei por oitenta 1 mil de ouro para Hamid dos territórios de Akşehir, Yalvaç, Beyşehir, Seydişehir, Karaağaç, Eğirdir e Isparta. Em 1383, em reconhecimento à campanha contra os cristãos dos Balcãs, o Califado abássida de Cairo nomeou o bey Murad como sultão.

Uma ofensiva otomana, ao comando do general Kara Timurtash Bey (um turcomano de Anatólia), avançou, subindo o rio rio tundzha, até o coração da Bulgária e ocupou Sofia e Niš. A ofensiva motivou, entretanto, a combinação dos principados sérvios, os quais, no comando do príncipe Lazar Hreveljanovič, derrotaram Kara Timurtas em Plosnik (1388) e obrigaram os otomanos a tirar-se pra Trácia e a Macedônia.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima