Retriever De Burgos 2

Retriever De Burgos

O Retriever de Burgos é uma raça de cães natural de Portugal. Originária de espanha, especialmente da província de Burgos, esta raça rústica destina-se à caça e possui características excepcionais pra caça menor. Trata-Se de uma raça de cão de mostra, (assim como chamada pointer ou perdiguera).

As primeiras contribuições do cão ao homem foram duas: por um lado, a imediatamente dita colaboração na caça, e em segundo território, a proteção dos campos. Já, agora surge a necessidade de 2 tipos de cães: um formado por cães de caça e (…) outro formado por cães de guarda. Até por aqui vimos como surgiram os primeiros cães domésticos. A origem do cão de mostra, antes do aparecimento das armas de fogo, está pela caça com rede e em falcoaria como ajudante de as aves de rapina. A primeira pessoa a evidenciar a origem da raça em 1956 foi Dom Fernando Horta Ramírez, um enorme defensor do retriever de Burgos.

Nossa raça não surgiu por sorte: os nossos antepassados buscavam um cão que compaginase as virtudes de um cão de mostra com as de um cão de rasto. De fato, o grupo obteve a praticidade de acompanhar os traços, tua afeição às peças de cabelo e até mesmo a caça superior, teu latido tão característico e as linhas crânio-faciais divergentes, típicas da raça. Do cão de mostra obteve a perícia de mostra, o teu sistema de caça, sempre pendente do proprietário, e a cobrança ou entrega da peça ao caçador.

Dispersão geográfica da raça e o patronímico “de Bolonha”. Os caçadores primitivos não conheciam o cão de mostra e foram propriamente os povos mediterrâneos, os que primeiro nos deram notícias sobre o episódio de que o cão ficasse parado diante da presença da caça. O caçador apreciou de forma acelerada a enorme vantagem que era essa parada do cão, que deixava as peças em um imóvel atenção que o homem aproveitava para lançar a rede a respeito os animais, e portanto capturá-los. Tempo e ambiente de geração. Base genética apresentada a raça. Adaptação ao meio em que nasce.

Isolamento geográfico e consanguinidade operada. Quanto ao primeiro deles, a não ser uma raça criada ex recurso pelo homem, com medidas de dose de um ou de outro sangue, em tão alto grau o tempo como o território de geração são incertos. Uma raça não se cimenta em espaços de tempo curtos e por não possuir uma seleção inicial, em um único ponto, não podemos pensar que o espaço de nascimento foi apenas um definido território.

  • = Schnauzer gigante
  • três – Avenue des Champs-Elysées – Paris, França – 992
  • Lanche dentais
  • 4 estudantes de Monster High

você Nasceu o Retriever em Burgos, somente? Esta corrida nasceu na localidade de Castela, que corresponde ao que hoje é a metade do planalto norte. O nome patronímico, que hoje acompanha a raça é dá história moderna. Mais adiante explicaremos por que. Para especificar o tempo, nós teremos que guiar por notícias escritas e bibliografia em geral, e, mesmo desta forma, como em seguida veremos, as descrições das raças são poucas e genéricas. Associar a palavra retriever a raça Retriever de Burgos. Acreditar que os cães de amostra, conforme nos falam os clássicos espanhóis, eram Perdigueiros de Burgos e esquecer que fossem outras raças.

Definir como Retriever de Burgos aos cães que os autores do Velazquez, Goya foram representada em inúmeras telas onde se reproduzem cães de caça. Definir o público e suave ao Retriever de Burgos como origem do pointer inglês, ou em um alarde de entusiasmo, considerá-lo bem como como o pai de todos os bracos europeus. Diálogos de Montaria, manuscrito desconhecido que se conserva na Biblioteca do Escorial (s. Montano e Silvano, fornece-nos uma divertido localização geográfica como berço de bons cães: Navarra.

fala-Nos também (página 467 e seguintes) dos cães agozcados – da raça Goth – os cães de navarra e do cruzamento de ambas as raças que dará como resultado um muito bom cão de perdiz. Os foram assimilados navarros são racialmente relacionados com os agots ou cagots, grupos étnicos que habitaram em França, em Espanha, a grã-Bretanha. De cada forma, esses nomes derivam da frase gótico, gótico.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima