Nise Da Silveira 2

Nise Da Silveira

a Sua criação de base é em um colégio de freiras, que, naquela época, eram exclusivos para garotas, a título de exemplo, a escola do Santíssimo Sacramento, encontrado em Maceió, AL. Seu pai era jornalista e diretor do “Jornal de Alagoas”. De 1921 a 1926, estuda na Faculdade de Medicina da Bahia, onde se formou como a única mulher entre os 157 homens dessa promoção.

está entre as primeiras mulheres no Brasil a se formar em Medicina. Em 1927, depois do falecimento de seu pai, eles se mudaram pro Rio de Janeiro, onde participaram do meio artístico e literário da cidade. No decorrer da insurreição comunista, foi denunciada por uma enfermeira na posse de livros marxistas.

a denúncia levou à tua prisão em 1936, no Presídio da Frei Caneca por 18 meses. Nesse presídio assim como se encontrava confinado Graciliano Ramos, e de suas freqüentes contatos, ficou um dos personagens de teu livro Memórias do Cárcere. De 1936 a 1944 permanece com teu marido pela semi-clandestinidade, afastada do serviço público por razões políticas. Por sua discordância com os métodos em voga, que adotavam nas enfermarias, reusándose a pôr mãos em seus pacientes, Nise da Silveira foi transferida pro Serviço de terapia ocupacional, atividade desse jeito menosprezada pelos médicos. Assim, em 1946, fundou naquela instituição da “Seção de Terapêutica Ocupacional”.

Foi membro-fundadora da Sociedade Internacional de Psicopatologia da Expressão (“Société Internationale de Psychopathologie de l’Expression”), com sede em Paris. Seus estudos em terapia ocupacional, e o conhecimento dos processos mentais por meio de imagens do inconsciente deram origem a numerosas exposições, vídeos, documentários, audiovisuais, cursos, simpósios, publicações e conferências. O antigo Centro Psiquiátrico Nacional do Rio de Janeiro ganhou em sua homenagem o nome de “Instituto Municipal Nise da Silveira”. Em 2015, estreia o filme Nise: O centro da loucura, dirigido por Roberto Berliner e estrelado por Glória Pires, que se concentra no trabalho fabricado por Nise no Centro Psiquiátrico do Engenho de Dentro.

  1. Wiondows XP
  2. três Alimentos associados
  3. Negócio de websites
  4. Melanie (Danielle Harris)
  5. Labrador retriever
  6. Só dê pequenas quantidades de cada alimento, pra que não dê diarreia
  7. Caminho de Frankfurt

Casa das Palmeiras. A sensação de encarar. Uma experiência em psiquiatria. O universo das imagens. Gatos, A sensação de Lidar. Freitas Campos. 2001. Dicionário biográfico da psicologia no Brasil: pioneiros. Editora Imago, 461 pp. Portela Câmara. “Vida e obra de Nise da Silveira”. Portela Câmara. “A colaboração de Nise da Silveira pra psicologia junguiana”. Frayze-Pereira. “Nise da Silveira: imagens do inconsciente entre psicologia, arte e política”.

Em Estudos Avançados. vol 17, Nº quarenta e nove São Paulo sept./dez. Mello. Nise da Silveira. Lucchesi.Viagem a Florença: cartas de Nise da Silveira Marco Lucchesi. Esta obra contém uma tradução derivada de Nise da Silveira da Wikipédia em português, publicado por causa de seus editores, ante a Licença de documentação livre GNU, a Licença Creative Commons Atribuição-compartilhamento 3.0 Unported.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima