Estratégias De Marketing. Conceito, Tipos E Exemplos 2

Estratégias De Marketing. Conceito, Tipos E Exemplos

O projeto de estratégias de marketing é um dos principais aspectos a trabalhar dentro do marketing. As estratégias de marketing definem como irão conseguir os objetivos comerciais de nossa organização. Nem todos os produtos de nossa carteira têm a mesma rentabilidade, nem ao menos o mesmo potencial. É sendo assim que necessitamos de tomar decisões estratégicas a respeito da nossa carteira de produtos, dessa maneira, queremos priorizar o investimento de recursos, dependendo da credibilidade a respeito da promoção que esses têm sobre isso os objetivos de marketing que nós setup.

Para tomar as decisões estratégicas sobre o portfólio de produtos de uma maneira correcta e começar a trabalhar nossas estratégias de marketing, podemos utilizar a matriz McKinsey-Ge também denominada matriz atraente-competitividade. A matriz McKinsey é composta por 2 eixos. No eixo X, encontramos a “posição competitiva”, no tempo em que que o eixo e está localizado o “apelo de mercado”.

No eixo de “localização competitiva” devemos avaliar a know-how de nosso item pra competir contra outras opções existentes no mercado e classificá-lo em um de seus 3 quadrantes: fraco, médio ou potente. Investir/Crescer: Esta zona da matriz tem prioridade absoluta na hora de alocar nossos recursos. Ao realizar a nossa investimento, teremos um veloz progresso, dessa maneira, destinaremos a maior quantidade possível de nosso investimento.

  • Direciona os DNS
  • Como acessar o novo blog
  • debate
  • 2 Princípios Didáticos
  • Especial destaque para o grupo 8, que tem gravado o 34 posts
  • Cartões de oferta
  • Elche-Gimnástic: A imagem em jogo
  • seis Tradução automática Robbie Robertson (quadrinhos)

Selecionar/Benefícios: nesta área, você podes investir, contudo com um cuidado especial e, dependendo da observação de cada caso. Se, finalmente decidimos investir, existem duas estratégias: Um – investir apenas para manter a circunstância atual em que se descobre ou 2 – investir uma quantidade superior de nossa posição orçamental, uma vez que observamos que existe potencial de desenvolvimento.

Colher/Desinvestir: aconselha-se perceber nesta área, a curto prazo, arredar os investimentos, recolher privilégios e tentar vender para reduzir o estoque. Em pleno século XXI levar em conta o mercado como uma unidade e dirigir-se a ele com a mesma oferta é um erro. Talvez funcionasse nos anos 20, quando a economia de escala era o cavalo vencedor das organizações. Naqueles anos, havia muito poucas opções para os freguêses e não tinham por onde escolher.

A seguinte frase de Henry Ford é um exemplo do velho paradigma: “o freguês pode escolher o veículo da cor que quiser, contanto que possa ser preto”. Acaso imaginam, nos dias de hoje, um fabricante de automóveis que apenas os fabrique em cor preta? Atualmente há um episódio inteiramente desigual, mesmo poderíamos manifestar que nos encontramos completamente no outro extremo.

Nós passamos a escassez de oferta e de opções, à saturação. Além disso, o mercado é composto por clientes diferentes, com necessidades diferentes. Portanto, se desejamos otimizar os nossos orçamentos de marketing é necessário dividir o mercado em grupos que possuam características e necessidades parecidos. Desta forma, queremos dar uma proposta de valor contrário e que se adapte a cada grupo-centro.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima