Em doze De Agosto De 2019 2

Em doze De Agosto De 2019

O xoloitzcuintle ou xoloitzcuintlí é uma raça canina aproximadamente sem cabelo, com média de vida entre 12-14 anos. É originário do México; é divulgado em tamanho toy, modelo e médio. É famoso pelo teu endemismo por esse nação e sua estreita ligação com a cultura asteca. Existe outra multiplicidade com cabelo.

Os cães que nascem com cabelo continuam a ser xoloitzcuintles puros, e ao transpor a estes com um sem cabelo, também têm crias sem cabelo. Em uma ninhada podem nascer filhotes das duas variedades. Se lhe agrupa em 3 tamanhos. As duas classificações mais se salientam como cães de guarda, o miniatura, como cão de companhia. Em 12 de agosto de 2016, o chefe de governo, Miguel Ángel Mancera, considerou o cão guerreiros como “património cultural e símbolo da Cidade do México. Xólotl é o deus asteca da existência e da morte, que era comumente membro com figuras monstruosas. O xoloitzcuintle também é popular com o nome cão pelón mexicano ou cão asteca.

Na mitologia asteca, acreditava-se que os xoloitzcuintles acompanhavam as almas dos falecidos no momento em que viajavam por Pessoas, o submundo, o que lhes sacrificava e enterradas perto com os falecidos, os que deviam guiar. Há lendas que falam de que Xolotl lhe deu o xoloitzcuintle como um presente ao homem, após tê-lo feito de uma lasca do Osso da Vida, o osso do que toda a vida foi criada. Por causa isto, os astecas consideravam sagrado, e essa adoração se manifesta em muitas representações esculturais e pictográficas.

Se diz que os deuses tinham que descer a Pessoas e adquirir um osso, que tornaria possível a formação da humanidade. Xólotl se disponibilizou para fazer tal façanha, mas isto implicará se transformar em um cão; o Xoloitzcuintle. Xólotl era representado como um homem com cabeça de cão, representando o rosto de vênus noturna acompanhando o sol na sua viagem ao submundo.

Após o pôr do sol, o astro rei morria, e lutava com a tua socorro para renascer ao amanhecer. Desde desta maneira, esse animal tornou-se o favorito dos deuses. Quando se cumpriu o propósito, apresentou-se ante o terrível Mictlantecuhtli, o senhor da Morte, e lhe entregou o apreciado osso.

Então, o Xoloitzcuintle voltou ao universo dos vivos e o dos deuses conseguiram formar o primeiro homem e a primeira mulher. A tradição asteca, apontava que deveria ser completamente preto, em razão de se apresentava manchas no seu organismo e isto dizia que já havia servido pra alma de outro defunto. O Xolo começou a apresentar-se nas exposições caninas mexicanas no final dos anos quarenta. Mas foram reconhecidos como espécimes indígenas de uma raça nativa, o interesse deles era menos naquele instante, pois o detalhe era escassa e não existia um modelo pelo qual julgá-los. Numa década, a FCI, se deu conta de que a raça se extinguiria se não se tomam medidas drásticas para salvá-la.

Isto levou a Expedição Xolo de 1954, amplamente publicitada. Com a aprovação oficial da FCI, Wright e uma equipe de autoridades caninas mexicanas e britânicas se puseram em marcha pra descobrir se ainda existia Xolos de raça pura em áreas remotas do México. Finalmente, se encontraram 10 Xolos estruturalmente fortes e esses cães formaram a base do programa de México, pra reviver a raça. Um Xoloitzcuintle toy. Esteve entre as primeiras raças registradas pelo American Kennel Club (AKC). Em 1959, o Xolo retirou-se do livro de estudos de AKC, devido à escassez da raça e a percepção de extinção..

O Xoloitzcuintli Club of America (XCA) foi fundado em outubro de 1986, para recuperar o reconhecimento de AKC para a raça. Em fevereiro de 2012, Xolo foi uma das seis recentes raças em fazer sua primeira aparição no Westminster Kennel Club Dog Show. Acredita-Se que os cães foram um alimento usual pela cultura asteca.

  • Porque é mais curta
  • queres que vamos pras arquibancadas
  • Ownat Grain Free Hypoallergenic 0
  • Pombos e rolas
  • Brinquedos dentários
  • 2 Na União Europeia 5.2.1 Em Portugal
  • Piranga hormiguera de garganta cor-de-rosa, Tinha fuscicauda
  • 3 Adam Spitz

O respectivo Hernán Cortés relatou, no momento em que chegou a cidade de Tenochtitlan, em 1519, que “alguns menores cachorrinhos se formavam pra alimento”, onde se vendiam junto com outros alimentos nos mercados de rodovia das cidades. Outra hipótese reitera que os espanhóis confundiram a esses com cavalos anões e começaram a consumi-los. “os espanhóis encontraram nutritivos e de ótimo sabor e após a vitória na inexistência de outra a carne dos comeram até acabar com a espécie”. Ao mesmo tempo, acredita-se bem como que para encerrar com os mitos religiosos e tradições vivas do público asteca.

Personalidades como Diego Rivera e Frida Kahlo montaram estas cópias como animais de estimação, e os converteram bem como em animais de culto e inspiração para a sua obra. São bons cães de companhia e guardiãs do lar, em função do tamanho. Apesar de que não têm uma aparência atraente, o xolo é popular entre alguns por tua inteligência (é simples de educar), a tua resistência e o seu carácter amigável.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima