Como Vender Arte Pela Internet 2

Como Vender Arte Pela Internet

Tenha em conta a opção de fazer seu próprio web site. Ter o seu próprio web site significa que você podes otimizar cada página, em função dos motores de busca e coloca-o em local diferenciado daqueles artistas que só utilizam websites gerais de venda de arte. Com teu respectivo web site, os visitantes não se distrair com outros artistas e suas obras enquanto navegam em busca das suas, e teu nome possivelmente vai receber mais reputação rapidamente. Você será capaz de vender diretamente a começar por teu site através de correspondência por e-mail com os potenciais clientes (dize-lhes que te entrem em contato para saber os preços, fazer compras, etc).

a hora de desenvolver a tua página internet, pensa seriamente em fazê-la como se fosse uma galeria de arte virtual. Estimula os compradores em potencial a passear pela internet e visualizar as pinturas de um jeito agradável, semelhante ao das galerias para, então, ampliar o seu entusiasmo. Acrescenta preços e dados de contato.

A gente quer olhar o preço, desse jeito que não o escondas nem espere que o cliente se de um. Quando você crie a sua própria página web, você deverá encontrar um processo seguro de aceitar pagamentos e até mesmo, talvez você queira opinar a implementação de um sistema de depósito de garantia. Quanto mais cara for a tua obra de arte, tem que ser mais cuidadoso pela hora de controlar o dinheiro, e você precisa acrescentar as opções de devolução e reembolso. Existem inmensuráveis métodos na Internet que garantem a transferência de dinheiro; procura para descobrir qual dá certo melhor de acordo com suas necessidades locais e teu mercado global.

  • 2 Pontes do rio Turia
  • Algumas dicas, se você precisa de um parceiro pra tua empresa
  • 2 As causas
  • doze coisas que não são aceitas socialmente e que deveriam estar
  • Motif é uma extensão nativa da Apple Photos
  • Homer: De acordo, O hare

Em janeiro daquele ano, um oficial de segurança da Apple Bank de Nova Iorque, chamou a atenção dos auditores Enron a respeito um esquisito conjunto de operações realizadas por 2 de seus operadores de petróleo: Louis Borget e Thomas Mastroeni. A Enron Óleo, era por tua vez uma organização residual da ex-New York a Enron Oil Co.

apesar do nome, esta unidade não produz petróleo, contudo que se dedicava comprar e vender futuros do crude. Basicamente, se dedicavam a apostar no mercado. Segundo o homem de segurança da Apple Bank, existiam transferências que é o nome de uma conta de Enron no Standard Chartered Bank nas Ilhas Britânicas do Canal. Isto gerou um sinal de alerta no banco porque estas ilhas representavam um viveiro de contas secretas e, diversas vezes, eram o destino de conveniência para várias corporações de caráter duvidoso.

Os fundos transferidos por Mastroeni, vieram originalmente de uma conta de Enron nos Estados unidos, que depois passavam pra Ilhas do Canal e, finalmente, aterrizaban em uma conta aberta pelo mesmo Mastroeni na Apple Bank. De acordo com essa entidade, Borget e Mastroeni são capazes de estar variando cheques a si mesmos. A Houston não gostava de se intrometer no questão, no entanto como o alerta havia chegado ao chefe da auditoria, era trabalhoso desprezar. O departamento de auditoria obteve toda a documentação enviada pelo Appel Bank e descobriu que a conta de Mastroeni, tinha sido aberta através de uma resolução de falsificação de o conselho de diretores da Enron Oil.

Enquanto isto, sem saber que os auditores imediatamente haviam instituído a irregularidade na abertura da conta, Borget e Mastroeni apressaram-se por obter uma entrevista com o Lay e a alta gerência. Outro tipo de transação que incomodou os contadores foi uma série de transferências de dinheiro a um sujeito chamado “M. Yass”, no Líbano. Borget e Mastroeni disseram que Yass era um contato que lhes são oferecidas infos e que só recebia dinheiro entregue numa estrada de Beirute. Pros auditores, esse tipo de histórias são as que a todo o momento são usados pra camuflar a fraude. Naquela reunião, em Washington, só é possível afirmar que havia transações duvidosas e outras declarações alteradas.

mas, Lay aceitou, em enorme medida, a história Borget e Mastroeni e os determinou de volta para Nova York, com a ressalva de que enviaria uma equipe de auditoria de quatro pessoas para examinar a circunstância. Antes que os auditores abandonassem pra Nova York, estabeleceu-se que o único objetivo da equipe era o de esclarecer o que havia acontecido com as transações duvidosas, todavia foram avisados de que não deveriam interferir nas operações petrolíferas.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima