Colégio Hogwarts De Magia E Feitiçaria 2

Colégio Hogwarts De Magia E Feitiçaria

A universidade Hogwarts de Magia e Feitiçaria é uma instituição de magia pertencente ao universo de Harry Potter. Hogwarts é uma universidade que reúne jovens bruxos pra montar tuas habilidades mágicas. O edifício, situado nas colinas da Escócia, é visto como um antigo edifício em ruínas com um cartaz que diz “cuidado, ruínas perigosas”, por pessoas alheias aos poderes mágicos (mais comumente famosos como “trouxas”).

Tem 7 andares, inúmeras torres, escadas que mudam de posição a seu desejo e extensos terrenos que contêm um lago, uma floresta, chamado Floresta Proibida, e várias estufas com fins botânicos. E também tuas diversas salas de aula em que são ministradas as aulas de Poções, Transformações, Defesa Contra as Artes das trevas, História da Magia e outros tópicos por assistentes qualificados, o castelo tem inmensuráveis locais com fins diferentes. A educação de um estudante é consumada em 7 anos, iniciando seus estudos, como mínimo, os 11 e, abandonando a instituição de ensino, como mínimo, aos 17 anos de idade.

A ação da saga de Harry Potter tem ambiente principalmente dentro da universidade, cada livro equivale a um ano escolar. A universidade aparece em todos os romances da série, sendo o episódio principal das mesmas. No último livro, Harry Potter e as Relíquias da Morte, os três protagonistas são mantidos afastados de Hogwarts durante a maior parte do livro, voltando para a guerra que termina a Segunda Guerra.

Há mais de 1000 anos, os magos foram a incompreensão e o pavor por cota dos comensais da morte. Quatro feiticeiros com um talento excepcional decidiram fundar uma instituição de magia, até em torno de o ano de 992, para ofertar um refúgio pros bruxos perseguidos e conduzir seus conhecimentos. Portanto, Gryffindor, Helga Hufflepuff, Rowena Ravenclaw e Salazar Slytherin desenvolveram a faculdade em um castelo, e logo foram em procura de pessoas com as habilidades necessárias pra explicar magia para os futuros estudantes. Na verdade, o nome em inglês de Hogwarts é o nome de uma variedade de lírio sobretudo apreciada por J. K. Rowling, a autora de novelas, ainda que este nome lhe veio de forma instintiva.

  • Aspira o colchão por ambos os lados, ao menos durante 2 minutos, dois vezes por mês
  • Diarreia (se é frequente, procure atendimento médico de emergência)
  • Breed Up
  • Não, o de ontem foi um 14-10: Batman roubando gurias numa fábrica de polvorones
  • Supermercado: 16 g/kg de peso
  • louva-a-deus: Praying Mantis
  • Perda de habitat (indústria de madeira, incêndios para exercício agrícola e pastagens)

Em inglês, “hog” significa “porco” e “warts” significa “verruga”. As críticas principais dos quatro fundadores, a respeito da alternativa dos alunos e das disciplinas a explicar começaram a diferir mais rápido, principalmente entre Gryffindor e Salazar Slytherin, aparecendo as primeiras tensões. A faculdade foi dividido, desse jeito, em quatro casas separadas.

todavia, as tensões se intensificaram. Salazar Slytherin recusou-se terminantemente a admitir a filhos de harry na escola, por julgá-los indignos pra aprender magia. Harry se opôs firmemente a esta decisão e Salazar Slytherin abandonou a instituição de ensino depois de montar a Câmara dos Segredos, localizada no mais profundo da instituição. Seu herdeiro, que, no futuro, será o único que pode entrar nela ao conversar pársel, liberará o basilisco que contem com o final de livrar a instituição de ensino dos “sangue-sujo”, ao invés fazê-lo em Londres.

no entanto, eu tenho uma imagem mental muito clara de qual é o seu aspecto. Como a Toca, casa dos Weasley, não é um edifício que os bruxos possam montar, pelo motivo de está abundante em magia. Algumas escadas no interior do castelo se mover de um grau pra outro, como a grande escadaria, e o acesso a definidas quartos é a começar por retratos animados.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima