Cidade Com Inteligência 2

Cidade Com Inteligência

O termo e o conceito de cidade, com sugestões (em inglês Intelligent city), que é ligeiramente diferenciado de cidade inteligente (em inglês smart city), tem muitos significados, conforme o autor e a literatura que se consulta. 3. Uma cidade com inteligência assim como podes ser estabelecida como um lugar inteligente, que introduz tecnologias de detalhes e intercomunicação (TIC) pra levar a fabricação de ambientes interativos. 4. Uma cidade com inteligência bem como podes ser estabelecida como um território que introduz TICs e sistemas inovadores dentro do respectivo território.

When describing people, there’s a difference between smart and intelligent. Intelligence, the measure of a person’s ability to learn, is a inherent. Smart on the other hand, refers to learned inferences and requires efland and experience. Smart people are sensitive to their surroundings and know things that can help them achieve their goals.

Intelligent people seek to understand what they know and find new ways to improve the world around them by analyzing the way things work. With cities, it’s the same. As cidades com inteligência evoluem tendendo a construir uma robusto integração de todas as dimensões possíveis da inteligência: humana, coletiva, e artificial, que são capazes de estar presentes numa cidade. Tal integração se elabora estabelecendo aglomerados multi-dimensionais, onde se combinam as 3 principais dimensões recém-ditas (Komninos-2006, pp.

  • Três a 3. Anunciantes próprios
  • Compra anúncios em redes sociais
  • Ben Sahar vai para o Hertha Berlim.
  • Dois Comunidade de parceiros
  • Qualitativamente descrita
  • três Secundária básica
  • cinco Pilar Gómez
  • 1 Sede 4.1.1 Bloco Simón Bolívar

A primeira dimensão está ligada às pessoas da cidade: inteligência, criatividade, e a criatividade dos indivíduos que vivem ou trabalham na cidade, ou que nela estão de passagem. Esta extensão, em interessante medida está baseada nas organizações da cidade, que permitem a cooperação e a compatibilização de esforços de múltiplos atores quanto ao discernimento, inovação e iniciativas.

Assim, o conceito de “cidade inteligente” integra, também, as 3 principais dimensões de uma aglomeração: seus espaços físicos, as suas estruturas institucionais, e tuas ferramentas digitais. 4. uma habilidade comprovada para inovar, pra gerenciar, para definir problemas que surgem pela primeira vez. Um ponto essencial para compreender melhor o que é de fato uma cidade com inteligência, é saber bem distinguir esse conceito de outras maneiras de espaços inteligentes ou territórios inteligentes: cidade digital; ambiente inteligente; cidade inteligente. Todas as cidades com inteligência são também cidades digitais, mas não todas as cidades digitais conseguem ser classificadas como cidades com inteligência (Komninos-2002, pp.

A principal diferença está na capacidade pra resolver problemas. 2. Uma comunidade cria novos serviços para seus cidadãos, usando os espaços digitais e ferramentas digitais pra consultá-los, e com probabilidades de desenvolvimentos colaborativos on-line, isto assim como é um desenvolvimento característico de uma cidade digital. Em ligação ao segundo caso, o espaço digital é dotado de ferramentas que contribuem para acrescentar a prática da comunidade para usar a inteligência coletiva, e, dessa forma, descobrir recentes soluções pra um ou incalculáveis problemas.

Os ambientes inteligentes são espaços digitais em que a inclusão digital deixa os limites do micro computador, pra tornar-se embutida nos ambientes e na infra-estrutura da cidade. Internet e aos serviços desenvolvidos sobre a WWW. Ten Steps to Becoming a Smart Community Arquivado em vinte e nove de novembro de 2014 no Wayback Machine., web site digital ‘Smart Communities’.

What is an Intelligent Community, web site digital ‘Intelligent Community’. Nicos Komninos, The Architecture of Intelligent Cities (enlace rompido disponível em Internet Archive; encontre-se o historial e a versão final)., Conference Proceedings Intelligent Environments 06, Institution of Engineering and Technology, pp. ↑ Judith Magyar, Smart Cities: Is Your City As Intelligent Ás Rio de Janeiro?

↑ Tradução para o português: Ao mencionar-se às pessoas, há uma diferença entre ter compreensão ou ter talento (em inglês smart) e ter a inteligência (em inglês intelligent). ↑ Tradução: “Na provisão de serviços por quota das administrações locais, as cidades digitais induzem e estabelecem a prestação de serviços digitais, entre as autoridades públicas e os cidadãos (desse jeito construindo mercados digitais). Por tua fração, as cidades com inteligência agem de outra forma entre os cidadãos e as autoridades públicas, permitindo a co-construção e co-design de serviços (tendo como exemplo o Laboratório Vivo).

↑ Pierre Lévy, a Inteligência Coletiva: Humanidade emergente no mundo do ciberespaço, espaço digital ‘iie.fing’, março de 2004 (documento completo). ↑ O que é a inteligência coletiva? ↑ Nicos Komninos (interview): The smart city is grounded on collective intelligence Arquivado em quatro de março de 2016 no Wayback Machine., web site digital ‘SmartCityExhibition’.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima