2.2.Um O Receptor ? 2

2.2.Um O Receptor ?

Coronavírus felino FCoV, é um vírus RNA que influencia os gatos. FIPV (acrônimo para Felino Infectious peritonite Vírus). São quota do grupo 1 dos coronavírus (Coronavírus), como o coronavírus da gastroenterite suína (TGEV), o coronavírus canino (CCoV) e alguns coronavírus humanos. 2.2.1 O receptor ? FECV vírus é responsável por uma infecção das células epiteliais digestivas do gato (as células do revestimento intestinal): esta infecção que oferece poucos sinais é crônica pela maior parte das vezes. O vírus é excretado nas fezes de animais que parecem saudáveis.

Os gatos a viver juntos, contaminam-se uns aos outros no momento em que passam por a bandeja sanitária. Alguns gatos são mais resistentes a esse vírus e não desenvolvem nenhuma infecção. Outros serão portadores de FECV algum tempo. Podem-se curar espontaneamente, todavia a imunidade adquirida é curta, desse jeito caem outra vez depois de determinadas semanas, se vivem em um grupo onde há excretores (portadores sãos). Alguns gatos nunca irão curar e deste modo permanecem excretores.

mas, a existência em grupo é uma situação de grande risco epidemiológico para gatos domésticos. Em um grupo de gatos, a superpopulação (e, assim sendo, o risco de mutação a FIPV), é fator de risco para o desenvolvimento de casos de peritonite infecciosa felina (PIF). A infecção de macrófagos por FIPV é uma vasculite granulomatosa mortal, “PIF”.

A FIP, assim, acontece na presença de 2 fatores: (mutação) e (estado de saúde). O estado de saúde dos gatos, com relação a tua idade, tua genética, seu grau de estresse, instaura teu estado imune e, desse modo, a sua técnica (ou não)em comprar um grau baixo a infecção. 2. E uma forma não-Efusiva (seca). A doença é fatal, com exceção de alguns raros casos de cura com o interferon omega felino.

As dois maneiras de FCov, a entérico (FECV) e a da PIF (FIPV) têm as duas, 2 sorotipos diferentes (com antígenos diferentes que causam a geração de tipos diferentes de anticorpos). O cultivo do vírus FCoV de serotipo I é penoso, deste modo os estudos deste serotipo são poucos abundantes.

FCoV de meninas II (ou tipo II) é menos freqüente : FECV de tipo II pode transformar a FIPV de tipo II. O tipo II é uma recombinação com a substituição de genes das espigas FCoV de tipo I (proteína S) pelo gene de as espigas do coronavírus entérico canino (CCOV). O cultivo de tipo II, é mais fácil, desta forma temos incontáveis estudos sobre este tipo II (a despeito de menos comum). Os coronavírus são vírus RNA ; os coronavírus do grupo um estão cobertos por incalculáveis tipos de proteínas do que a proteína S (ou E2), forma uma coroa de picos na superfície do vírus.

O nome coronavírus resulta da análise por microscopia eletrônica de esta coroa de “spike”. Os picos dos Cov (do grupo 1 e tipo II) são responsáveis pela potência de infestação do vírus pela união a um receptor de membrana da célula do hospedeiro : a Aminopeptidasa Felina N (fAPN). Ao grau smartphone, isso explica em razão de o nível de glicosilação das APN é essencial para a ligação do vírus ao receptor. Os “spikes” do FECV têm uma afinidade pela fAPN dos enterócitos (células epiteliais digestivas), durante o tempo que que os “spikes” do FIPV (o duplo mutante) têm uma forte afinidade por macrófagos.

  • 10 Ameaça de doença
  • Grifón de Bruxelas / Bichón maltês
  • Uma noite agitada
  • dez O Cão do Gado Australiano
  • Irish Wolfhound

Durante a replicação do vírus, o aparelho de Golgi das células do hospedeiro, as espigas passam por um procedimento de maturação. Este passo de mão-glicosilação os spikes, é importante pra aquisição da potência de infestação dos coronavírus. A Aminopeptidasa N felino “fAPN” não é o receptor do FCoV de tipo I.

Qual é o receptor desse serotipo? Hoje, não sabemos. O CoV humano do SARS se liga à enzima conversora de angiotensina (ACE II do Sistema renina angiotensina aldosterona. A enzima ACE II é uma homólogo de “L-SIGN”. Os Coronavírus são capazes de se ligar ao receptor “DC-SIGN” dos macrófagos.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Rolar para cima